Notícias

» Realities


Lucas e Orelha faturam Superstar 2015

Por Lucas Toso

Publicado em 13/07/2015 00:40

lucaseorelha_final

Os meninos Lucas e Orelha são os novos campeões do Superstar 2015. Créditos: Isabella Pinheiro/TV Globo

A final da versão 2015 do Superstar foi diferenciada da primeira temporada. As quatro bandas finalistas concorreriam em três rodadas eliminatórias até uma banda sagrar-se campeã. A votação da primeira apresentação seria base para subir a tela dos outros competidores, quem ficasse com a menor votação, seria eliminado ao fim da rodada.

Em noite só de autorais, a votação do publico surpreendeu logo na primeira eliminação. Com números apertados, Dois Africanos ficaram para trás na primeira rodada. Com 54%, Big e Izzy foram os primeiros eliminados da noite, para surpresa do técnico Thiaguinho. A banda foi aplaudida de pé por toda a plateia presente por mais de um minuto antes de deixar o palco.

Entre a primeira e a segunda rodada, os campeões da primeira edição, Malta, fizeram uma apresentação com uma mistura dos sucessos “Diz Pra Mim” e “Supernova”. A banda, agora com quatro milhões de seguidores nas redes sociais e 280 mil discos vendidos, prestigiou a nova temporada e anunciou que novo disco vem por aí.

Na segunda, Versalle trouxe a música “Tão simples”, que mantém o estilo tranquilo e ritmado da banda, explodindo em um refrão mais alto e levado. Conseguiram 53%, pontuação base para as próximas bandas.

Lucas e Orelha apresentaram “Por que”, musica no estilo meloso da dupla, mas com uma surpresa: Orelha, sempre mais quieto, embalou um rap muito bem desenvolvido. Sucesso. A dupla garantiu vaga na finalíssima com 59%. Faltava ainda o rock da Scalene.

A banda de Brasília embalou “Legado” e conquistou os mesmos 59% de Lucas e Orelha. Versalle dava adeus ao programa. A decisão ficaria toda para a última rodada e, com os dois competidores rigorosamente empatados, não havia favoritos para a terceira e última rodada.

A última, e tensa, rodada foi aberta com “Luz e Sombra”, da Scalene. Música forte como tudo já apresentado pela banda. Com uma pequena falha técnica no começo da música, o vocalista Gustavo Bertoni soube contornar bem o problema com o playback instrumental, que não atrapalhou na performance da banda. 55%.


Lucas e Orelha pisaram no palco e a votação não parou de subir. Dessa vez quem não segurou a emoção foi Lucas. Logo após o termômetro ultrapassar os 55% da Scalene, o cantor chorou, mas conseguiu manter a música. Orelha não escondia o sorriso. A apresentação foi avassaladora e fechou em 63%. Os dois meninos eram os novos campeões do Superstar. Agradeceram aos pais, ali presentes, e comoveram toda a plateia, fechando o programa com o sucesso “Presságio”.

O encerramento foi breve (devido à apertada rede de programaçção global), entregando o troféu aos meninos em meio a muito papel picado e aplausos. 

Mais sobre » SuperStar

Comentários »



f">